Identidade e Socialização

Home 9 Abrace 9 Estratégias 9 Identidade e Socialização

PODEMOS PENSAR NO SIGNIFICADO DOS TERMOS IDENTIDADE/SOCIALIZAÇÃO DE FORMA SIMPLES, MAS NÃO SIMPLISTA – A IDENTIDADE SIGNIFICANDO O “EU” E A SOCIALIZAÇÃO SERIA “EU E OS OUTROS”. O EU É O QUE NOS CONSTITUI E NOS FAZ SINGULAR, ÚNICOS. NO ENTANTO A EXISTÊNCIA DO EU SEMPRE PRESSUPÕE A PRESENÇA DE “OUTROS”.

Considerando ser a identidade constituída por aspectos pessoais internos, aspectos interpessoais (identificação com outras pessoas), e culturais (valores da comunidade), podemos concluir que a pessoa com deficiência, intelectual em particular, tem a construção de sua identidade muito dificultada. Autoconhecimento pouco construído (percepção, pensamento, controle de emoções), escassez de relações sociais (por proteção excessiva, para evitar exposição), e visão da sociedade muito equivocada (incapacidade, “coitadismo”, infantilização).

Entendendo que a ‘identidade’ só nos é revelada como algo a ser inventado (e não descoberto!) a partir do jogo do processo de socialização, investimos fortemente nas atividades nessa área.

Atividades internas (oficinas variadas, rodas de conversa, acompanhar visitas variadas, atendimento a famílias, sempre com investimento na troca constante de ideias, valores e conceitos) e externas (visitas a exposições, museus, variadas instituições, saídas para compras, idas ao teatro, ao cinema, passeios em parques e praia) compõem um contexto que acaba por oportunizar que se identifiquem com os muitos “outros” e descubram aspectos de sua personalidade e construam sua identidade.

Em particular, as Oficinas são estruturadas para que essa presença (o EU), assim como as outras presenças (os OUTROS) sejam contempladas, promovendo encontros verdadeiros que resultam em descobertas, trocas, aprendizagem e produções criativas. Esse exercício cotidiano capacita todos para estarem também presentes (o Eu e os OUTROS) em todas as outras atividades.

E, pouco a pouco, observamos aspectos da identidade de cada um se construindo e sendo revelados, para ele mesmo e para os outros.


Associação Brasileira para
o Adolescente e Criança Especial*
(* desde 1996, Jovens e Adultos)

Rua Princesa Isabel 548, Brooklin Paulista
CEP: 04601-001, São Paulo - SP
Telefone: 11-5093.2311
E-mail: abrace@associacaoabrace.org.br